Residência Sénior, será desta vez?

Os sócios da Casa do Educador (CES) reuniram-se ontem, 20/01/2022, em Assembleia-Geral Extraordinária no salão da Unisseixal, para se debruçarem sobre a possibilidade de concorrer aos fundos europeus do Plano de Resiliência e Recuperação (PRR), em candidatura para a construção de uma Residência Sénior, um dos maiores objetivos dos seus estatutos desde o início.

Pela voz do Presidente da Direção, prof. Jaime Ribeiro, ficámos a saber que desde 30 de dezembro se trabalha para preparar essa candidatura, com um prazo muito curto (até 22/02). O sr. arquiteto João Salvado prepara o projeto, em mais um gesto gratuito de assinalar (não bastava o que fez pela Unisseixal!) e tem havido contactos com o departamento social da Câmara Municipal para nos cederem um terreno onde se instalará este desejado projeto.

Tudo se encaminha para podermos usufruir deste empreendimento ali na zona do bairro do Soutelo, rua do Rato, num espaço de 8.000m2. Em princípio, o projeto aponta para uma residência térrea, de 3500 m2, para uma população de até 100 utentes (sujeitos às regras da Segurança Social, naturalmente), que a Câmara se propõe colocar à disposição da CES.

Não sabemos o resultado desta nova incursão para satisfazer as necessidades dos nossos associados e seus familiares. Mas que todos o desejamos, não há dúvida… Posta à votação uma proposta apresentada pela Direção para avançar com a candidatura, ela foi aprovada por unanimidade.

Agora, cabe à população escolar (professores e funcionários das escolas do concelho do Seixal) a adesão ao projeto, manifestando o seu interesse. Precisamos de muitos associados. E é tempo de todos juntos tratarmos de preparar um futuro melhor para nós e nossos pais.

A sede da Casa do Educador continua aberta na Amora, Rua Conselheiro Custódio Borga, nº1, 2845-445 Amora, Tel. 212211520.

Segue a proposta que a Assembleia Geral aprovou por unanimidade.

AD

Proposta

– Considerando que a construção de uma Residência Sénior é um dos objetivos primeiros da Casa do Educador do Concelho do Seixal, o que está plasmado no Artigo 5º dos Estatutos, quando se refere a criação e manutenção de “um serviço de apoio domiciliário, centro de convívio e estrutura residencial para idosos”;

– Considerando a atual possibilidade de concorrer aos fundos europeus, através do PRR, para a realização desse objetivo;

– Considerando a disponibilidade demonstrada pela Câmara Municipal do Seixal em facultar um terreno para a construção da estrutura referida, já visitado e devidamente identificado;

– Considerando a oportunidade única de concretizar um dos objetivos principais desta Associação;

– Considerando a rapidez de construção, que ainda poderá ser útil para as nossas vidas, que os técnicos ouvidos nos transmitiram;

Os sócios da CES, reunidos em Assembleia Geral Extraordinária, no dia vinte de Janeiro de dois mil e vinte e dois, deliberam:

Dar todo o apoio e poder à Direcção da CES para que possa desenvolver todos os procedimentos necessários para a prossecução da construção da Residência Sénior da Casa do Educador.

A Direção da CES (20/01/2022)

Um pensamento sobre “Residência Sénior, será desta vez?

  1. Agradeço ao Professor António Henriques pelo bom artigo que escreveu e que deixa os sócios a pensar num sonho passado agora realidade.
    A Casa do Educador completou 19 anos no seu aniversário, a Unisseixal recentemente quinze anos e a Cesviver 13 anos; 3 grandes projectos todos eles jovens. E o próximo projecto será a Residencial Sénior, e porque não?
    Vamos ter esperança e confiar nas palavras que ouvimos. As notícias boas surgem mais depressa do que pensamos.
    O local é bom, espaçoso e com condições excelentes. Todos merecemos e a hora chegará. Bem Hajam LB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.