CONTOS ALENTEJANOS  COZENDO O PÃO, COSTURANDO A VIDA

de

MARIA VITÓRIA AFONSO

A CASA DO EDUCADOR DO SEIXAL e a UNIVERSIDADE SÉNIOR DO SEIXAL estão de parabéns ao acarinhar, apoiar e promover o lançamento deste segundo livro da nossa querida amiga, Professora Maria Vitória Afonso, evento realizado no passado dia 12/Janeiro.

O Auditório da Junta de Freguesia de Amora foi pequeno para receber tantos e tantos amigos, quer os que integraram a mesa-redonda com o objectivo de tecer considerações sobre o percurso e qualidades da autora e da obra agora publicada, quer os que propositada e prazerosamente fizeram questão de estar presentes a fim de prestigiar e homenagear esta nossa querida amiga.

Sempre de sorriso nos lábios e atenta, a autora à medida que escrevia dedicatórias e assinava os livros, mantinha um diálogo bem carinhoso e informal com todos aqueles que a solicitavam, orgulhosos por possuírem um exemplar assinado e dedicado por si.

Na mesa-redonda para apresentação desta segunda obra da nossa amiga Vitória Afonso estiveram, além da autora, os Senhores Presidente da Casa do Educador do Seixal, Professor Tomás de Aquino, Reitor da Universidade Sénior do Seixal, Dr. António Luís Pinto da Costa, o anterior Presidente da Casa do Educador do Seixal, Dr. António Dias Henriques, o historiador, investigador e autor do prefácio deste livro, Dr. Eduardo Raposo, o editor das Edições Colibri que publicou o livro, Dr. Fernando Mão de Ferro, a Senhora Vereadora do Pelouro da Cultura, Educação e Desporto, da Câmara Municipal do Seixal, Drª. Vanessa Silva , o Presidente da Junta de Freguesia de Amora, Sr. Manuel Araújo e, a conduzir as intervenções inerentes ao lançamento da obra, a Professora Mariana Mareco, Vice-Reitora da UNISSEIXAL.

Todos os intervenientes da mesa distinguiram a autora com palavras bem elogiosas sobre a sua personalidade e sobre o conteúdo dos contos agora publicados.

Título deveras singular e sugestivo, «Contos Alentejanos Cozendo o Pão, Costurando a Vida», enfeitado por uma bela imagem do artista plástico Manuel Casa Branca, leva-nos a "viajar" pelo nosso imaginário em busca de um tempo já longínquo, ao mesmo tempo que nos mantém curiosos e expectantes sobre o seu conteúdo.

Já tive oportunidade de ler alguns contos e comungo com a análise feita pelo Dr. Eduardo Raposo quando, ao ler o prefácio que escreveu, referia que os textos escritos pela Vitória eram como quadros.

Também para mim, à medida que os nossos olhos percorrem as palavras e absorvem o texto caracterizado por conter expressões que muito honram as nossas raízes de cultura tradicional - como exemplificou muito bem o Professor António Henriques no decurso da sua intervenção ao citar alguns excertos de vários contos - deparamo-nos com a descrição tão rica de personagens e lugares que ficamos com a sensação que estamos perante obras plásticas dos Naturalistas.

Muitos parabéns, queridos amigos Vitória e Amadeu, por mais este sucesso na vossa Vida.  Desculpem-me mas tenho de citar e felicitar aqui também o seu esposo porque, além de tudo, concordo plenamente com as palavras do editor do livro quando, em determinado momento, ao elogiar as qualidades da Vitória Afonso, afirmava que «por detrás de uma grande Mulher está sempre um grande Homem».

Já na parte final desta excelente tarde de cultura e convívio, uma das Turma de Cavaquinhos da nossa Universidade Sénior, orientada pelo Professor Mário Fortuna, tocou, cantou e encantou todos os presentes com algumas canções dedicadas ao Alentejo.

Finalmente foi servido um pequeno lanche a todos os participantes.

Querida amiga Vitória, aguardamos ansiosos a próxima obra.

Um enorme xi-coração de parabéns

da

Mª. Lourdes Mano Reis

Quem Somos | Projectos | Agenda | Forum | Contactos